[Ubuntu-BR] HD com BAD BLOCKS

Fábio Rabelo fabio em fabiorabelo.wiki.br
Quinta Setembro 1 17:17:47 UTC 2011


Mais algumas informações :

Maxtor não existe mais, foi comprada pela Seagate, assim como a divisão de
HDs da Fujitsu .

Enquanto a divisão de HDs da Samsung, e da Hitachi ( que é a antiga divisão
de HDs da IBM ) foram compradas pela Western Digital .

Por consequência, só existem 2 fabricantes de HDs mecânicos no mundo
atualmente, Seagate e Western Digital .

E a Seagate está em concordata nos USA a desde maio do ano passado ( nos USA
isto chamase "Backorupcy Protection" )  pto, eu só tenho comprado HDs da
Western Digital atualmente, pois é o único fabricante que eu nunca tive
problemas .*

Aliás, para quem não sabe disto, os HDs foram introduzidos no mercado pela
primeira vez justamente pela Western Digital, que na época os chamava de
"winchesters" .


Fábio Rabelo


* em tempo, eu tive problemas com um lote de HDs da WD este ano, mas a
Western Digital trocou todos eles sem nem mesmo questionar qual era o
problema, e em apenas 24 horas, pto eu não considero isto como sendo um
"problema" .


Em 1 de setembro de 2011 13:51, Jeferson Rodrigues
<jeferod83 em gmail.com>escreveu:

> Grande Fábio!
>
> Que belas e preciosas informações estas em?
>
> Eu também fiquei intrigado, como Ksatrya falou, em quem confiar?
>
> Afinal de contas, se o HD mapeia os setores defeituosos, alocando seus
> dados
> em setores bons, os utilitários de disco que leem badblocks, quando
> realmente chegam neles, na verdade são apenas redirecionados, pelo próprio
> HD, para os setores bons, e por este motivo não é detectado o badblock.
> Sensacional esta informação.
>
> Portanto Ksatrya, sugiro que tente trocar da Seagate por outra marca.
> Samsung e Maxtor são boas pedidas, e não conheço muito HD's Western
> Digital,
> mas fuja dos Fujitsu. Eu tive experiências negativas com esta marca, além
> de
> Seagate's também.
>
> Abraços
>
> Em 1 de setembro de 2011 13:32, Fábio Rabelo
> <fabio em fabiorabelo.wiki.br>escreveu:
>
> > Bom dia .
> >
> > Algumas informações adicionais :
> >
> > Os HDs atuais são na verdade computadores completos, com uma cpu,
> memória,
> > e
> > o firmware que roda nesta CPU .
> >
> > Todo HD moderno vem com alguns setores de "reserva" , ou seja, setores (
> ou
> > blocos, blocks ) que não estão atualmente em uso .
> >
> > Estes setores são usados para "mapeamento" de setores defeituosos, ou
> seja,
> > qdo sistema interno do HD detecta algum setor defeituoso, este setor é
> > "mapeado" como defeituoso, e um dos setores de reserva é "mapeado" no
> lugar
> > dele .
> >
> > Todo este processo foi projetado para liberar o SO desta função,
> > considerada
> > de "baixo nível" , assim o SO só se ocuparia das funções de "alto nível"
> ,
> > como escrever, ler e verificar os dados lidos/escritos no HD .
> >
> > Neste intento, o SO simplesmente não "sabe" que o problema ocorreu,
> apenas
> > o
> > firmware do HD .
> >
> > E é aí que entra o utilitário "smartd" , pois ele entra dentro do
> firmware
> > e
> > recupera os dados que este firmware está usando atualmente, ou seja, se
> > algum setor tiver apresentado problema, e o firmware tiver executado o
> > mapeamento, o utilitário smartd lhe mostrará isto .
> >
> > Porém, o SO continua não sabendo de nada, pois para o SO ele continua
> lendo
> > e escrevendo no setor "defeituoso" , pois este setor foi "renomeado" pelo
> > firmware do HD .
> >
> > Este é o motivo dos utilitários de verificação de disco não mostrarem
> > setores defeituosos, mas o smartd mostra-los !!!
> >
> > Mas isto não significa que o HD esteja "OK" , pois estes setores
> > defeituoso,
> > apesar de ocorrerem naturalmente, devem ocorrer muito lentamente, pois
> este
> > numero de setores de reserva é pequeno, em média cerca de 1 a 2 % do HD,
> e
> > devem "ser suficientes" para cobrir toda a vida útil do HD, pto um HD
> novo
> > não deveria conter setores defeituosos, mas somente HDs com algum tempo
> de
> > uso .
> >
> >
> > Fábio Rabelo
> >
> >
> >
> > Em 1 de setembro de 2011 13:14, Ksatrya_Linux <govabuntu em gmail.com
> > >escreveu:
> >
> > > Boa tarde amigos da lista!
> > >
> > > Estou super entrigado com uma coisa... Há alguns meses comprei dois HDs
> > de
> > > 1.5 TB para meu computador, passados alguns meses eu resolvi
> instalá-los
> > e
> > > finalmente fazer uso deles, pois bem, tenho a mania de de tempos em
> > tempos
> > > verificar o utilitário de disco que já vem no sistema e com isso
> > verificar
> > > o
> > > status do SMART dos discos plugados em minha máquina, infelizmente o
> > > utilitário acusou que os meus dois discos novos de 1.5 TB continham
> > setores
> > > defeituosos. Fiz dois testes que me recomendaram aqui neste forum, um
> foi
> > o
> > > *e2fsck -fcv /dev/sdax* e não foram encontrados nenhum bad block e o
> > outro
> > > e
> > > mais demorado foi o: *badblocks -o encontrados.dat -w -v /dev/sdax* e
> > após
> > > 30 horas de verificação também recebi o retorno de que nenhum bad block
> > foi
> > > encontrado mas mesmo assim fui ao fornecedor que me vendeu os HDs para
> > > análise e troca, após dois dias de verificação o fornecedor verificou
> que
> > > um
> > > HD realmente estava com bads mas o outro não, sendo assim, retornei com
> > um
> > > HD novo trocado e o outro que já tinha instalado na minha máquina.
> Quando
> > > voltei a plugá-los de cara quando verifiquei novamente o status do
> SMART,
> > o
> > > utilitário de disco indicava que os dois discos estavam bons mas no dia
> > > seguinte o HD que eu havia levado ao fornecedor e o mesmo dissera que
> > > segundo os testes deles o HD estaria bom, voltou a dar que o disco
> > > continham
> > > setores ruins. Voltei a fazer os testes com os mesmos comandos citados
> > > acima
> > > e novamente recebi a informação de que não foram encontrados nenhum
> > > badblock. E agora, em quem devo confiar? Posso confiar nos testes que
> fiz
> > e
> > > ter a certeza de que meus discos não possuem BADs? E que diabos de
> > > utilitário é esse que está sempre me dizendo que o disco está com
> setores
> > > ruins mas é desmentido pelos testes de checagem que realizo. Esse
> > > diagnóstico do utilitário de discos do linux é realmente confiável? Se
> > > alguém puder me ajudar eu ficaria muito agradecido. Abraços,
> > >
> > > Kshatryna tux
> > > --
> > > Mais sobre o Ubuntu em português: http://www.ubuntu-br.org/comece
> > >
> > > Lista de discussão Ubuntu Brasil
> > > Histórico, descadastramento e outras opções:
> > > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
> > >
> > --
> > Mais sobre o Ubuntu em português: http://www.ubuntu-br.org/comece
> >
> > Lista de discussão Ubuntu Brasil
> > Histórico, descadastramento e outras opções:
> > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
> >
> --
> Mais sobre o Ubuntu em português: http://www.ubuntu-br.org/comece
>
> Lista de discussão Ubuntu Brasil
> Histórico, descadastramento e outras opções:
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
>



More information about the ubuntu-br mailing list