[Ubuntu-BR] Montar unidade de rede automaticamente no boot com seleção de usuários.

Petter Rafael Villa Real petter.real em gmail.com
Quinta Setembro 24 19:48:46 UTC 2009


Expliquei mal, deixa eu detalhar a minha situação:
Tenho um server Linux com o Samba, e nesse servidor cada usuário tem a sua
cota e permissão de leitura, escrita ou sem acesso para as diversas pasta.
No Windows quando eu faço o login e depois vou em mapear rede o usuário
logado no Windows "importa" as suas restrições de cota e acesso para a pasta
mapeada, por exemplo:
se o usuário X no domínio Z tem acesso de somente leitura na pasta Y ao
mapear a pasta Y no Windows que ele está logado esse restrição será imposta
a ele.

É esse comportamento que quero simular no Linux, sem ter que controlar isso
diretamente nas pastas.

Grato,


2009/9/24 hamacker <sirhamacker em gmail.com>

> Acho que voce está fazendo confusão com suas permissoes.
> Quem controla as permissoes as pastas é o Windows e não o Linux, não
> vai ser um comando de Linux que vai desbloquear uma permissão a um
> compartilhamento/pasta. Se isso realmente acontecesse, foi um furo do
> sistema windows, e um dos bem grandes.
> Mesmo que queiramos acessar a pasta 'xyz' , se no windows não tivermos
> essa permissão então o windows nega o acesso, não importa se for uma
> estacao windows, mac ou linux.
>
> Eu custumo usar :
>
> mount -t cifs //servidor/pasta /mnt/pasta -o
> username=fulano,domain=dominio,password=senha,iocharset=utf8,
> users,file_mode=0777,dir_mode=0777
>
> Assim não tenho nenhum impedimento com respeito a non-root, a
> restricoes ficam só por conta das DACL do Windows.
>
> Agora atente-se ao fato de que no windows há limite para certos
> caracteres especiais e tamanho de nome de arquivos(length(path+nome) <
> 255), o acesso negado que talvez surja tenha a ver com isso e não
> necessariamente com as permissoes DACL do Windows.
>
> []'s e sucesso.
>
> 2009/9/24 Petter Rafael Villa Real <petter.real em gmail.com>:
> > Pessoal, instalei o vim e editei o arquivo con sucesso.
> > Adicionei uma linha para que um grupo pudesse adicionar o comando
> /bin/mount
> > sem ter que digitar a senha de sudo com sucesso.
> > Está tudo funcionando bem.
> >
> > Tem apenas um detalhe: a pasta no servidor tem uma série de permissões de
> > acordo com o usuário de acesso, no Windows isso é respeitado normalmente,
> > porém no mount não existe esse respeito de regras.
> > Eu utilizo o seguinte mount:
> > sudo mount -t cifs //servidor/pasta /media/pasta -o
> > username=domínio/user,password=pass,iocharset=utf8
> >
>
> --
> Mais sobre o Ubuntu em português: http://www.ubuntu-br.org/comece
>
> Lista de discussão Ubuntu Brasil
> Histórico, descadastramento e outras opções:
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
>



-- 
--
---------------------------------------------------------------------
Petter R. Villa Real Silva -- Desenvolvedor Web
Viamais Desenvolvimento Web
Powered by Java/Oracle
                 PHP/MySQL

Web Alocation e Hosting - PHP/JSP
---------------------------------------------------------------------



More information about the ubuntu-br mailing list