[Ubuntu-BR] Comparação de Sistemas Operacionais [Era: Geoforce X Ubuntu -> Aprovado]

Mauricio Ricardo Pinheiro mauricior.pinheiro em gmail.com
Sábado Junho 6 15:35:07 UTC 2009


Não creio. São as tendências de hoje em automação de equipamentos.

Já é uma realidade com telefones celulares. Não entendo o motivo de sua
resistência. Basta ler algumas revistas e o que comentei está lá.

Eu (e muita gente) imagina um computador num futuro muito próximo, sem fios
conectando CPU e periféricos. Isso não é uma questão de design ou marketing,
mas de racionalidade. Meu micro de mesa chega a ser nojento tal a quantidade
de fios. Ocupam um espaço tremendo e exigem um trabalho de técnico toda vez
que se vai limpar a mesa.

Máquinas como notebooks são muito mais racionais. Porém tem telas pequenas,
e isso é um entrave para certas aplicações.

Basta ver já, nas lojas as tendências do design dos microcomputadores de
mesa. O os desktops Apple já são apenas um grande monitor de 20 polegadas,
um teclado e um mouse. O próximo passo será a eliminação dos fios de conexão
desses a CPU (já existem dois micros desse tipo, um HP e outro Sony Vaio,
ambos com telas toutch screen, teclado e mouse wireless).

Já existem estudos no MIT a respeito de campos sensiveis para a criação de
interfaces virtuais, mas ainda dependem do uso de óculos especiais, luvas e
outros apetrechos.

O homem anda! O pensamento Voa! E a tecnologia acompanha o segundo.

Esses tipos de interfaces baseados em toques na tela exigem muito menos
movimentos dos braços e das mãos e, portanto, menos lesões por esforço
repetitivo, já que os programas para esse tipo de interface tenderão a ter
muito menos detalhes e ajustes que os de hoje.

O único ítem de interface que ainda não tem substituto viável a médio praso
é o teclado.

Aí voce dirá: E os sistemas de reconhecimento de voz, ditar para o micro
escrever?

Resposta: A forma como se fala é radicalmente diferente da forma como se
escreve. A escrita é por naturesa mais formal. O cérebro manipula de forma
muito diferente esses dois centros. Você entende quando ouve, mas no papel
fica quase ininteligivel. Quando se fala, usa-se menos o cérebro. Para
escrever é preciso raciocinar mais. Quando falamos tendemos a usar muito
mais palavras que o necessário para expressar o mesmo pensamento. E cada
cultura tem um modo peculiar de se expressar que não se repete na escrita.

Quanto ao seu humor e crítica, sempre serão bem vindos, já que esse tipo de
atrito é que faz com que nós evoluamos.

2009/6/5 Danilo Magrini <danilo.magrini em gmail.com>

> 2009/6/5 Mauricio Ricardo Pinheiro <mauricior.pinheiro em gmail.com>
>
> > Quanto a ficar com algum problema como BURSITE (inflamação dos tendões do
> > ombro), não creio que isso virá aser um problema como hoje é a LER dos
> > tendões do punho e mão.
> >
> > Danilo, seu bom humor é interessante,porém desfocado.
> >
>
> "bom humor interessante" nunca vi isso.
>
> Agora é desfocado porque voce "acredita uqe isso não virá a ser um
> problema", quer dizer que sem nenhum argumento, você ACHA que não vai ser e
> ainda quer falar que minha opinião é desfocada? IMHO Opinião desfocada é
> dizer que touch será realidade e a próxima será holográfica... ou tem bola
> de cristal, ou é opinião desfocada.
> --
> Mais sobre o Ubuntu em português: http://www.ubuntu-br.org/comece
>
> Lista de discussão Ubuntu Brasil
> Histórico, descadastramento e outras opções:
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
>



-- 
Maurício Ricardo Pinheiro
Eng. Mecânico
Planejamento e Montagem



More information about the ubuntu-br mailing list