[Ubuntu-BR] Ubuntu Perfeito Quebrou meu Sistema

hamacker sirhamacker em gmail.com
Terça Novembro 11 11:40:39 UTC 2008


Certamente, não fico ofendido.

cat ./ubuntu-perfeito.sh|grep chmod
e depois
cat ./ubuntu-perfeito.sh|grep chown

e verás onde o sistema de permissão é aplicado. Resumidamente há
apenas 5 chown/chmod recursivos :
worklab:~/minha-distro$ cat ./ubuntu-perfeito.sh|grep chown|grep "\-R"
chown -R $USER $PASTA_MODELOS/
chown -R $USER $PASTA_MANUAIS/
chown -R $USER $PASTA_MANUAIS/
worklab:~/minha-distro$ cat ./ubuntu-perfeito.sh|grep chmod|grep "\-R"
chmod -R 2770 $PASTA_MODELOS/
chmod -R 2700 $PASTA_MANUAIS/

Estas váriaveis não podem assumir / ou /home porque o nome do usuário
não pode ser branco e é parte da formula de calculo. No inicio do
script, o $HOME é modificado para /tmp, justamente porque não quero
que o script toque na pasta $HOME verdadeira. Alguns aplicativos fazem
isso, por exemplo, o broffice3 e o GoogleEarth.

Eu me surpreendí com o script porque de certa forma, ele supera eu
realizando o trabalho manualmente, para ser mais direto, o script faz
melhor do que eu.

Mas cá entre nós, também não me submeteria ao script de outros se não
houver plena confiança. Num script de mais de 4.000 linhas, quais são
as chances de um erro fatal desestabilizar um sistema.

Meus erros cometidos com o script foram :

1) Instalar componentes do firefox como root, falha grave, muita gente
ficou com o firefox "zicado" porque a instalação global de componentes
no firefox não é tão segura quanto imaginei, achei que qualquer
extensão poderia ser global, mas na verdade, muitas delas foram feitas
para serem pessoais. Revisei essa parte do script e criei um menu de
serviços que faz coisas pessoais e dentre elas instalar componentes do
firefox.

2) BrOffice, o erro de permissão na pasta ~/.broffice3, eu nao causei
o erro, eu automatizei o erro, não havia como saber que o broffice
depois de alguns dpkg -i iria rodar alguma instancia e criar arquivos
com permissão de root em cima ~/.broffice3 do usuario que tá rodando o
script, achei que as coisas feitas com sudo assumisse por exemplo
/root. Revisei essa parte do artigo mudando $HOME para /tmp no inicio
do script, apaguei as variaveis exportadas para que nenhuma
relacionada ao usuario seja visivel ao processo de instalação com o
root e finalmente, na primeira atualização, o openoffice2 é atualizado
para openoffice3, tornando desnecessário o broffice3.

Honestamente falando, além do que relatei, os problemas de
desastabilização do colega pode ter sido um problema que "colou" ao
script, mas o script tá longe de fazer isso que ele disse. Alias, se
fizesse isso, não seria um script, mas um terrivel trojan.

[]'s a todos.

2008/11/10 Jose Geraldo Gouvea <jggouvea em gmail.com>:
> 2008/11/10 hamacker <sirhamacker em gmail.com>:
>> Pouco provável, pois o apt-get não instala um pacote se ele comprometer outro.
>> Todo o dpkg -i é seguido dum apt-get install -f, que em teoria
>> removeria pacotes que causaram dependencias não atendidas.
>> Só mesmo uma interrupção no meio duma instalação, onde metade foi e a
>> outra metade não. Mas é dificil no achismo.
>
> Só que há alguns momentos no Ubuntu Perfeito em que ele pergunta sobre
> quais usuários deverão iniciar quais serviços e se as pastas deverão
> ficar disponíveis, etc. Eu entendo que nesse momento ele está lidando
> com permissões, e pode ter havido algum problema aí.
>
> Entenda que eu não estou TE acusando de nada, estou apenas tentando
> entender o que pode ter acontecido durante a execução do Ubuntu
> Perfeito que quebrou meu sistema (a essa altura, já estou formatando e
> reinstalando), mas para que eu me sinta seguro para algum dia usar de
> novo eu gostaria de entender o que houve.
>
> Espero que o amigo não se sinta ofendido, não é nada pessoal. A minha
> observação havia sido sobre certa ironia que notei em algumas
> mensagens do tópico, como se fosse crime o que fiz.
>
> --
> Mais sobre o Ubuntu em português: http://www.ubuntu-br.org/comece
>
> Lista de discussão Ubuntu Brasil
> Histórico, descadastramento e outras opções:
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
>




More information about the ubuntu-br mailing list