[Ubuntu-BR] Coisas que quase ninguém sabe sobre a Microsoft

Olival Gomes Barboza Júnior olival.junior em gmail.com
Domingo Outubro 28 00:13:13 UTC 2007


Leonardo Cabral escreveu:
> Quero deixar claro que não sou contra nem a favor da Apple (nunca utilizei
> os produtos deles), mas baseado no que o Olival disse uma coisa muito legal
> que achei por parte da Apple foi que ela pegou o engine do Konqueror para
> fazer o Safari e devolveu o código para o pessoal do KDE com algumas
> inovações (inclusive conformidade com o teste ACID 2 CSS)
>
>   
Tem mais coisas "open source" vindo da Apple. Vide 
http://developer.apple.com/opensource/index.html .

A questão não é bem essa. A questão é como a Apple se comporta em 
relação a seus componentes open source. O exemplo q vc citou foi de um 
"bom comportamento". Por outro lado, qdo o MacOS foi portado de PPC para 
x86 ela simplesmente cortou o acesso ao código durante um tempo, sem 
explicar nada pra ninguém e sem informar se algum dia voltaria a 
disponibilizá-lo (no final, voltou).

No site dela o discurso é bonito, mas na prática vemos ações meio 
incoerentes, como, por explo, em relação a seus outros produtos 
(lembram-se da questão recente do checksum nos novos iPods? Até q alguém 
conseguisse encontrar um meio de contornar a questão os players livres 
simplesmente não tinham mais acesso ao dispositivo). Nesse link aqui tem 
mais detalhes sobre o comportamento bipolar da Apple com relação a open 
source: 
http://www.oreillynet.com/mac/blog/2007/03/apple_failing_to_understand_op.html

E, não vamos esquecer da principal tirada de mr. Jobs sobre o iPhone: 
"você não vai querer que seu telefone seja uma plataforma aberta". 
Felizmente, o mercado mostrou a ele q sim, os usuários querem q seus 
telefones sejam plataformas abertas (ou, ao menos, com uma API q aceite 
desenvolvimento de software por terceiros).

[ ]s,

olival.junior




More information about the ubuntu-br mailing list