[Ubuntu-BR] Coisas que quase ninguém sabe sobre a Microsoft

Fernando Bunn fcbunn em gmail.com
Sexta Outubro 26 15:38:53 UTC 2007


mas o driver nao eh compilado junto com a sua aplicacao (estou falando em
java) apenas a referencia a ele eh compilado na SUA aplicacao, o driver em
si ja eh compilado pelo desenvolvedor do driver e disponibilizado, bom, nao
afirmo isso 100% mas eu apostaria em cima disso.
Caso contrario, se vc compilasse o driver junto, nao seria necessario botar
os drivers .jar junto ocm a aplicacao

On 10/26/07, Andre Cavalcante <andre.d.cavalcante em gmail.com> wrote:
>
> Mais uma coisa. O uso do MySQL em si é livre, porque é um programa a
> parte,
> o servidor. O único problema é no driver de acesso, ok?
>
> André
>
> Em 26/10/07, Andre Cavalcante <andre.d.cavalcante em gmail.com> escreveu:
> >
> > Sem gerar polêmica mas...
> >
> > O que diz a GPL é que você deve liberar todo trabalho derivado. Para
> > definição de trabalho derivado ela coloca o critério da ligação na
> > compilação ou na execução. Se a ligação for na execução, não é trabalho
> > derivado. Se for na compilação é trabalho derivado. Pergunta, quando
> você
> > usa o driver para o MySQL, você faz ligação estática ou dinâmica? Se for
> > estática, a licença te obriga a abrir o código fonte. Se for dinâmica,
> ela
> > não te obriga. Você abre se quiser.
> >
> > André Cavalcante
> > Manaus, AM.
> >
> >
> > Em 26/10/07, Danilo Cesar <danilo.eu em gmail.com> escreveu:
> > >
> > > Bem resumido:
> > >
> > > Se a tua biblioteca for GPL, seu código precisa ser todo aberto.
> > >
> > > Se tua biblioteca for LGPL, não precisa...
> > >
> > > Um exemplo disso é o QT, que é GPL. Se você quiser desenvolver
> aplicação
> > > de código fonte fechado com ele, você precisa duma licença diferente
> p/
> > > isso. Que é paga.
> > >
> > > []'s
> > >
> > > Danilo
> > >
> > >
> > > Danilo Cesar Lemes de Paula
> > > UFPR - Ciência da Computação
> > > http://www.danilocesar.com
> > >
> > >
> > > Vinícius de Figueiredo wrote:
> > > > On 10/26/07, Duda Nogueira < dudanogueira em gmail.com> wrote:
> > > >> *15) Que as licenças de código fonte aberto da Microsoft permitem
> que
> > > você
> > > >> manipule o código fonte à vontade, gerando novos produtos de código
> > > fonte
> > > >> fechado e proprietário se assim desejar, ao contrário da licença
> GPL
> > > que foi
> > > >> aplicada, por exemplo, nos drivers do banco MySQL, obrigando a
> todos
> > > que
> > > >> usam MySQL a pagar pela licença ou abrir o fonte de suas aplicações
> > > na
> > > >> internet?*
> > > >>
> > > >
> > > > Tenho uma dúvida aqui. Isso é verdade? Se eu usar um driver (módulo,
> > > > lib, etc) licenciado sob GPL preciso abrir minha aplicação inteira
> por
> > > > causa disso? Sempre pensei que precisaria distribuir o código fonte
> > > > das MODIFICAÇÕES que eu tenha feito no driver (módulo, lib, etc) e
> não
> > > > da aplicação inteira.
> > > >
> > > > O que é o correto?
> > > >
> > >
> > > --
> > > Interessado em aprender mais sobre o Ubuntu em português?
> > > http://wiki.ubuntu-br.org/ComeceAqui  -
> > > ubuntu-br mailing list
> > > ubuntu-br em lists.ubuntu.com
> > > https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
> > >
> >
> >
> --
> Interessado em aprender mais sobre o Ubuntu em português?
> http://wiki.ubuntu-br.org/ComeceAqui  -
> ubuntu-br mailing list
> ubuntu-br em lists.ubuntu.com
> https://lists.ubuntu.com/mailman/listinfo/ubuntu-br
>



-- 
Fernando C. Bunn



More information about the ubuntu-br mailing list